» Florianópolis Cine Action (2009)

mais informações no site do evento

No próximo dia 30 de abril, o Centro de Eventos da UFSC receberá os principais produtores de audiovisuais de esportes de ação na natureza do Estado e do país para o lançamento do Florianópolis Cine Action. O evento, cujo objetivo é reunir estudantes de cinema, simpatizantes do esporte, mídia e empresariado local, será uma prévia do festival mundial de audiovisuais de esportes de ação na natureza, programado para ocorrer no final de 2009, em Florianópolis, com seis dias de exibição de vídeos, palestras e debates a respeito do tema.

________________________________________________Surf4ever

Anúncios

9 Responses to “» Florianópolis Cine Action (2009)”


  1. 1 Carla Lins abr 20 2009 às 3:01 pm

    Pepê Cezar confirma participação no Florianópolis Cine Action

    O Cineasta Pedro Cezar Duarte Guimarães, Pepê Cezar,será uma das principais atrações do Florianópolis Cine Action.
    Formado em Jornalismo,destacou-se na cena audiovisual brasileira como roterista, com o filme Fábio Fabuloso. O documentário que retrata a vida de um dos maiores surfistas brasileiroa de todos os tempos, o nordestino Fábio Gouveia.
    Com uma narrativa toda feita em cordel, ganhou prêmios em festivais brasileiros e internacionais.”Jogamos o Auto da Compadecida, Ilha das Flores e Amelie Poulin no liquidificador e produzimos o Fábio Fabuloso”,destaca Pepê.
    O Cineasta Jorge Baggio, Diretor do Florianópolis Cine Action destacou a importância do trabalho de Pepê César. “Sua enorme capacidade intelectual e criativa agregará muito ao nosso evento. Estamos muito felizes em ter esse excelente artista e profissional compartilhando suas experiências, produções, pontos de vistas e formas criativas com estudantes e profissionais do ramo audiovisual”, destaca Baggio.

    Quem é ele?
    Nome completo: Pedro Cezar Duarte Guimarães
    Função: Autor/Diretor/Produtor
    Naturalidade: Rio de Janeiro
    Produtora: Artezanato Eletrônico
    Filmes lançados: Fabio Fabuloso; Só Dez Por Cento é Mentira
    Breve histórico
    Criei interesse pelo áudio visual na adolescência com uma câmera de super 8 com a qual registrava sessões de surfe.
    Cursei jornalismo, publicidade e comunicação e acabei graduando em jornalismo. Trabalhei em revistas, canais de tv e abri minha primeira empresa na década de 90.
    Publiquei dois livros de poesia (Puizía e Concepção de Frases em Ninhos de Água) e dirigi/produzi dois filmes (Fabio Fabuloso; Só Dez Por Cento é Mentira).

    Mais informações sobre os produtores que participarão do Florianópolis Cine Action no site.

    Michele Cardoso e Carla Lins
    Assessoria de Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    http://www.floripafestival.com.br
    imprensa@floripafestival.com.br

  2. 2 Imprensa - Florianópolis Cine Action abr 22 2009 às 11:34 am

    Surfista Guga Arruda lançará vídeo inédito no Florianópolis Cine Action

    O surfista catarinense e também produtor, Guga Arruda aproveitará a realização do Florianópolis Cine Action para exibir, em primeira mão, o filme Arquivo Surf 3, produção que aborda reflexões sobre a liberdade e a competição no esporte. A sessão especial de lançamento está marcada para as 17h do dia 30 de abril, no Centro de Eventos da UFSC.

    “É um filme antagônico, feito através da mente de grandes surfistas”, destaca Guga.

    Conhecido nacionalmente, Guga Arruda iniciou sua carreira de produtor em paralelo à sua via de surfista, quando lançou em 2007 a série Pororoca, que foi exibida no Fantástico. Dentre muitos trabalhos como surfista-ator, já lançou os filmes da série Arquivo Surf, volumes 1, 2 e 3.

    A exibição de Arquivo Surf 3 será aberta ao público, com sessão marcada para as 17h e, posteriormente, fechada apenas para convidados do Florianópolis Cine Action.

    Michele Cardoso e Carla Lins
    Assessoria de Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    http://www.floripafestival.com.br
    imprensa@floripafestival.com.br

  3. 3 Imprensa - Florianópolis Cine Action abr 23 2009 às 8:50 pm

    Florianópolis Cine Action divulga cronograma oficial
    Evento ocorrerá na próxima quinta-feira, dia 30, no Centro de Eventos da UFSC

    A organização do Florianópolis Cine Action divulgou nesta quinta-feira o cronograma oficial do festival, programado para o próximo dia 30 de abril, no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, das 13h às 22h. No período vespertino, entre 13 e 18h, a programação será aberta ao público. A partir das 18h, quatro sessões noturnas estão programadas e os ingressos estão disponíveis a partir desta sexta-feira, nas lojas Sul Nativo e DNA Natural, localizadas na Lagoa da Conceição e nos principais shoppings de Florianópolis.

    O lançamento do Florianópolis Cine Action conta com patrocínio da Secretaria da Organização e do Lazer, por meio do Fundesporte, com apoio da DNA Natural, Sul Nativo, Imagem e Flora, Águas Da Guarda, Buzzii Imóveis, divulgação do site Waves e promoção da Rádio Atlântida FM. Mais informações sobre os produtores que participarão do Florianópolis Cine Action no site http://www.floripafestival.com.br .

    Programação Florianópolis Cine Action

    Dia 30 de abril

    Atrações vespertinas: curtas, trailers e debates com os produtores
    Entrada franca das 13h às 17h

    13h – Espaço Teco Padaratz (série de três curtas “Um dia a onda me levou”)
    14h – Espaço Pepê Cézar (Fábio Fabuloso)
    15h – Espaço Massangana (Surf Adventures 2)
    16h – Espaço Mike Stewart (Fire, the movie)
    17h – Espaço Guga Arruda (Arquivo Surf 3)

    Sessões noturnas:
    Ingressos na Sul Nativo e DNA Natural

    18h – Lisergia (Bruno Bez)
    19h – -Q21(Gustavo Camarão)
    20h30 – Premiere Sincronia (Bruno Bez)
    21h – Fire (Mike Stewart)
    21h45 – Nalu (Rafael Mellin)

    Mais informações:
    Michele Cardoso e Carla Lins
    Assessoria de Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    imprensa@floripafestival.com.br

  4. 4 Carla Lins abr 24 2009 às 9:36 pm

    Teco Padaratz lança trilogia para o grande público no Florianópolis Cine Action
    Série de três curtas foi exibida apenas uma vez, no programa SC em Cena, da RBS TV

    O surfista, empresário, músico e produtor, Teco Padaratz, será o protagonista da abertura do Florianópolis Cine Action, no próximo dia 30 de abril, na Universidade Federal de Santa Catarina. A programação vespertina do festival, que se inicia às 13h, terá como primeira atração a exibição de três curtas de 15 minutos cada um, produzidos por Teco e exibidos apenas uma vez, na televisão aberta, no programa SC em Cena, do Grupo RBS. A série, entitulada “Um dia a onda me levou”, mostra as diferentes culturas que o surfista catarinense conheceu enquanto percorria o mundo atrás das melhores ondas.

    Teco também já produziu outros filmes, como “Fia, Fios e Agregados” e “Meninos no Hawaii”, mas talvez nenhum seja “tão seu” quanto “Um dia a onda me levou”. A ideia surgiu a partir de suas imagens pessoais, de arquivo, guardadas há muito tempo. Remexendo nisto, ele resolveu passar por meio de suas imagens a visão de um catarinense pelo mundo do surf, traçando paralelos entre seu povo e as diferentes culturas do mundo.

    – Os esportes de ação na natureza representam uma forma de arte, pela sinergia entre o homem e o seu ambiente, fator primordial na evolução como esportista – destaca Teco, que vê com otimismo o mercado de audiovisuais de esportes de ação na natureza.

    – A ampliação do interesse público a respeito do tema é facilitada com a produção de filmes de qualidade pelo conteúdo didático inserido nestes audiovisuais – finalizou.

    O filme “Um dia a onda me levou” mostra catarinenses que Teco encontrou pelo mundo e também grandes figuras como Kelly Slater, Mick Fanning, Mark Richards e Shaun Thompson. Em uma das imagens mais emocionantes dos três curtas, os quatro primeiros campeões mundiais do esporte recebem seus troféus. Além do surf em locais famosos como Tahiti, Teco também mostra muito do potencial do litoral catarinense com ondas filmadas na Praia do Campeche, Silveira, entre outras.

    Confira as sinopses das principais atrações no site http://www.floripafestival.com.br

    Mais informações:
    Carla Lins e Michele Cardoso
    Produção e Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    imprensa@floripafestival.com.br

  5. 5 Imprensa - Florianópolis Cine Action abr 27 2009 às 9:19 pm

    Rafael Mellin apresenta “Nalu” ao público do Florianópolis Cine Action
    Filme de surfe e família é protagonizado pelo bigrider Everaldo “Pato” Teixeira e sua esposa, Fabiana Nigol

    Experiência na área, Rafael Mellin tem e sobra. O diretor de filmes como Psicopato, Samba Trance & Rock’n Roll e Quintal de casa, além das trilogias Lombrô e Search Sessions, estará em Florianópolis na próxima quinta-feira, dia 30 de abril, para debater com outros produtores a respeito dos audiovisuais de esportes de ação na natureza e apresentar ao público seu mais recente trabalho: Nalu, protagonizado pelo big rider Everaldo “Pato” Teixeira e sua esposa, Fabiana Nigol.

    “O filme tem intenção de conseguir se comunicar com um público que não seja feito estritamente de surfistas fissurados. A idéia era criar um filme de surfe voltado para a família, atraindo e entretendo tanto o surfista, como sua mulher, namorada, filhos, etc”, explica o diretor. “A inspiração foi em filmes que têm algum tipo de narração em off de um personagem carismático e improvável, como Olha Quem Está Falando, com Bruce Willis e Kirstie Allen”, completou.

    Nalu, que reúne imagens captadas durante três meses por Fabiana Nigol em locais paradisíacos é a atração que encerra o Florianópolis Cine Action. O evento, de acordo com Mellin, é uma iniciativa importante por reunir produtores para a discussão de ideias e temas, além do contato direto com o público. “Muitas cabeças pensantes juntas tendem a criar mais coisas legais do que uma cabeça isolada”, finalizou.

    Nome completo: Rafael Mellin
    Função: Diretor
    Naturalidade: Rio de Janeiro
    Produtora: Mellin Vídeos/Grupo Sal
    Filmes lançados: Lombrô 1, 2, 3; Search Sessions 2000, 01, 02; Psicopato; Hawaii Video Magazine; Fuso Horário; Samba, Trance & Rock n Roll; Quintal de Casa; Nalu

    —————–
    Mais informações:
    Carla Lins e Michele Cardoso
    Produção e Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    imprensa@floripafestival.com.br

  6. 6 Imprensa - Florianópolis Cine Action abr 28 2009 às 8:05 pm

    Entrevista com Jorge Baggio, diretor do Florianópolis Cine Action
    Cineasta e bodyboarder de ondas grandes foi quem idealizou um festival para reunião de produtores e filmes de esportes de ação na natureza

    A próxima quinta-feira, dia 30 de abril, vai marcar o universo de filmes de esportes de ação e natureza em Santa Catarina e no Brasil. Os principais produtores da área estarão reunidos no Centro de Eventos da UFSC para participarem do Florianópolis Cine Action, que ocorre das 13h às 22h30min. Este dia também marcará para sempre a vida do cineasta e bodyboarder profissional Jorge Baggio, que há 13 anos viaja pelo mundo em busca de ondas grandes, com oito temporadas havaianas, viagens para a Austrália, Chile, Ilhas de Java e Bali, Ilhas Canárias, Tahiti, Ilha de Páscoa, Equador, Califórnia, Flórida e Espanha no currículo.

    Catarinense de 29 anos, Baggio lançou o primeiro vídeo de bodyboarding produzido em Santa Catarina, em 2002. Formou-se em 2008 na faculdade de Cinema, criou e dirigiu o programa de televisão Cine Adventure, focado na abordagem do conteúdo cultural e artístico inserido em audiovisuais sobre esportes de ação e natureza e há pelo menos quatro anos idealizou um festival que grandes produtores e grandes obras na área. O Florianópolis Cine Action é uma prévia da Mostra Mundial de Audiovisuais de Esportes de Ação na Natureza, programada para o final deste ano, também na Ilha de Santa Catarina.

    Nesta quinta-feira, ele apresentará ao público o vídeo “O Pintor e o Oceano”, no qual busca quebrar os estereótipos explorados atualmente nos audiovisuais sobre esportes de ação e natureza, mesclando poesia, cultura e arte com o desafio das maiores ondas do planeta. Referenciado em Tarkovski, um dos gênios do Cinema Russo, o filme também é inspirado em Pablo Neruda e Gaughin. O projeto compreendeu viagens que passaram pelo Havaí, Polinésia Francesa, Ilha de Páscoa, Deserto do Atacama (Chile), Costas Leste e Oeste da Austrália, Bali, Java, Ilhas Canárias, Madrid, Amsterdã, Costa Rica e Equador.

    Entrevista com Jorge Baggio

    Como surgiu a ideia de organizar um festival de audiovisuais de esportes de ação na natureza?

    Em 2003, lancei meu primeiro audiovisual, o “Bodyboarding Santa Catarina”, no cinema do CIC. Foi no dia em que Florianópolis parou por causa do histórico blecaute que deixou toda a Ilha às escuras. A sessão teve lotação máxima e a sensação me contagiou tanto que, ao seu fim, logo pensei na possibilidade do lançamento de um festival de cinema. Cerca de seis meses depois, o fotógrafo e jornalista Bruno Lemos me ligou e falou da idéia de fazer um festival. Isso me estimulou ainda mais. Comecei a trabalhar a ideia no início de 2004, mas as dificuldades foram enormes. Neste mesmo ano, deixei a faculdade de engenharia e fui estudar cinema. Foram quatro anos aprendendo e me dedicando a este projeto e ao filme “O Pintor e o Oceano”. No terceiro ano de Cinema, em 2007, consegui increver os dois projetos na Lei Rouanet e obter aprovação. Desde então, estamos em uma verdadeira batalha pela captação dos projetos. Com o apoio da Secretaria da Organização e Lazer de Santa Catarina, por meio do incansável defensor da cultura e do esporte catarinense, o secretário Gilmar Knaesel, conseguimos uma pequena verba, para lançarmos a ideia do festival.

    Qual o diferencial do Florianópolis Cine Action?

    Sempre senti falta de informação e conteúdo dentro das produções audiovisuais que abordavam o surf e os esportes de ação e natureza em geral. Com o curso de cinema, pude aprender mais sobre a linguagem dos audiovisuais, possibilidades de narrativas e a história da arte audiovisual, bem como sobre os diretores e as linhas seguidas por estes. Isso permitiu pensar de forma mais profunda e refletir mais sobre a importância de obras mais poéticas, permeadas por cultura, arte e essência. A linguagem audiovisual dessa área se desenvolveu com o objetivo de vender roupas e produtos, marcas cresceram e se tornaram potências comerciais investindo nos vídeos. Mas hoje em dia podemos evoluir isto, ir em busca de algo além, a arte tem o poder de proporcionar a evolução da humanidade. E os audiovisuais são uma forma de expressão, de arte, onde o conhecimento e as experiências acumuladas podem ser passadas através das gerações. Parafraseando um grande diretor russo, Andrey Tarkovski, “a poesia pode ir muito além da lógica linear”.

    Como foi feita a escola das obras?

    Buscamos neste evento de lançamento mostrar nossa capacidade de trabalho. Portanto, selecionamos obras que fizeram sucesso, com conteúdo e linguagem inovadoras, além de algumas estreias. Teremos muitos dos melhores produtores audiovisuais da área do surf no Brasil, como Rafael Mellin, Gustavo Camarão, Bruno Bez, Pêpe Cézar, Sílvio Arnaut, da Massangana, além dos fotógrafos Rick Werneck, Agobar Jr, Basílio Ruy entre outros produtores audiovisuais e artistas escolhidos a dedo.

    O que o público pode esperar do filme O Pintor e o Oceano?

    Ele ainda está em fase de produção, mas busquei passar sentimentos como o da felicidade de uma criança quando aprende a pegar suas primeiras ondas, como isso as vezes evolui para uma relação de paixão com o mar, além do autoconhecimento através do desafio de um de nossos instintos mais primários: o medo. Relacionar a paixão que os atletas têm pelo mar com Pablo Neruda, Paul Gaughin – impressionista que abandonou a Europa para viver no Tahiti e morrer nas Ilhas Marquesas – e Dorival Caymmi. Tudo isso ao mesmo tempo relacionando ainda a história do bodyboarding, um esporte que me permitiu viver alguns dos momentos mais felizes da minha vida, desfrutando da energia de ondas que nunca imaginei surfar.

    E o como você vê o futuro da área?

    A possibilidade de trabalhar com algo que estimula tanto o ser humano e faz com que ele consiga superar seus limites em integração com as forças naturais é muito forte. Essa área ganhou um espaço enorme em nossa sociedade, lidamos aqui com todos os conceitos de sustentabilidade tão requisitados e importantes para o futuro da humanidade. Este setor também movimenta a economia, estimulando a preservação, pois dependemos dela para praticar estes esportes. A produção audiovisual em geral também é uma indústria não poluente. É uma área capaz de nos fazer caminhar rumo a um mundo melhor, por isso vislumbro que ela cresça com as novas tecnologias, tornando-se cada vez mais interativa.

    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9901-7702
    http://www.floripafestival.com.br

  7. 7 Imprensa - Florianópolis Cine Action abr 29 2009 às 3:19 pm

    Catarinense Bruno Bez lança filme “Sincronia” no Florianópolis Cine Action
    Primeira premiere será realizada no dia 30 de abril, na UFSC, em sessão especial às 20h30min

    Criatividade transpira no catarinense Bruno Bez. Do começo ao fim de seus vídeos, tudo é pensado, imaginado e montado com o coração. O produtor é um dos destaques entre os participantes do Florianópolis Cine Action, evento programado para quinta-feira, dia 30 de abril, das 13 às 22h, no Centro de Eventos da UFSC. Na ocasião, Bruno fará a primeira premiere do filme Sincronia, seu mais novo trabalho, em uma sessão especial às 20h30min. O vídeo foi produzido em parceria com Gustavo Schlickmann, JonnyZeb e amigos de peso como Ricardo Wendhausen, Guilherme Tranquilli e Fernando Moura.

    A exemplo dos anteriores, o público não deve esperar de Bruno Bez um audiovisual de esportes de ação na natureza com uma linguagem comum. De acordo com sua própria definição, o filme surgiu como “um caso no caos ao acaso”. Trata-se da introspecção de uma nova geração, com uma visão alternativa a respeito do surf contemporâneo, original da Ilha da Magia.

    “O Bruno é um dos mais bem conceituados produtores de filmes de esportes de ação e natureza do Estado. Tem sua obra baseada em artistas do surrealismo e vem desenvolvedo novas técnicas aliadas às novas tecnologias, tais como sets de imagens simultâneas às músicas mixadas ao vivo”, comentou Jorge Baggio, cineasta, bodyboarder e diretor do Florianópolis Cine Action.

    Além de Sincronia, Bruno Bez também abrirá as sessões noturnas do festival com o filme Lisergia, às 18h.

    Quem é Bruno Bez

    Nome completo: Bruno Bez
    Função: Multicriativo
    Naturalidade: Florianópolis
    Produtora: JonnyZeb Media Alternativa
    Filmes Produzidos: Scratching 2003, Experimento Tal (JonnyZeb) 2005, Mútuo (JonnyZeb) 2007, Fantasia (MCD) 2007, Lisergia (MCD) 2008 e Sincronia 2009.

    Sobre o Sincronia

    Produção: Jonny Zeb Media Alternativa
    Criação, Edição e Imagens: Bruno Bez
    Protagonizado por Gustavo Schlickmann junto a uma turma densa como Ricardo Wendhausen, Guilherme Tranquilli, Marcelo Cathcart, Yuri Castro, Diego Rosa, Tiago Bianchini, Wellington “Gringo”, Rodrigo Generik, Daniel Cortez, Daniel Kuerten e Fernando Moura
    Imagens Coletânea: Alex Costa, Erick Nagata, Wellington “Gringo”
    Imagens Adicionais: Gui Tranquilli, Marcelo Cathcart, DK, Erick Bark, Íra, Mr. Take, João Underground, Enigmáticos, Gustavo Nastasi
    Capa e Menu Dvd: Fernando Moura
    Pré-produção: Gustavo Schlickmann
    Titles: Edu Porfírio
    http://www.vimeo.com/jonnyzeb

    ** Atenção repórteres e editores: ALTERAÇÃO NO CRONOGRAMA (ver abaixo)

    Programação Florianópolis Cine Action

    Dia 30 de abril

    Atrações vespertinas: curtas, trailers e debates com os produtores
    Entrada franca das 13h às 17h

    13h – Espaço Teco Padaratz (série de três curtas “Um dia a onda me levou”)
    14h – Espaço Pepê Cézar (Fábio Fabuloso)
    15h – Espaço Massangana (Surf Adventures 2)
    16h – Espaço Mike Stewart (Fire, the movie)
    17h – Espaço Guga Arruda (Arquivo Surf 3)

    Sessões noturnas: Ingressos na Sul Nativo e DNA Natural

    18h – Lisergia (Bruno Bez)
    19h – -Q21(Gustavo Camarão)
    20h30 – Premiere Sincronia (Bruno Bez)
    21h – Fire (Mike Stewart)
    21h45 – Nalu (Rafael Mellin)

    ——————
    Mais informações:
    Michele Cardoso e Carla Lins
    Assessoria de Comunicação
    Florianópolis Cine-Action
    Sport/Art/Culture/Nature/Music
    55 48 9964-7760 / 8836-2774
    imprensa@floripafestival.com.br

  8. 8 Felipe Siebert abr 29 2009 às 4:16 pm

    A Siebert Surfboards estará expondo, nesta quinta-feira, suas pranchas e skates no Florianópolis Cine Action, das 13h às 22h30min, na UFSC.

    Mais informações: http://siebertsurfboards.blogspot.com

  9. 9 Imprensa - Florianópolis Cine Action maio 07 2009 às 5:00 pm

    AGRADECIMENTO

    Florianópolis Cine Action ilumina a Ilha de Santa Catarina.

    Na última quinta-feira (30), a Ilha de Santa Catarina teve a honra de reunir, em um mesmo ambiente, os nomes mais conhecidos do cinema de esportes. O evento inciou com a participação e exibição do audiovisual de Teco Padaratz, surfista pioneiro no circuito Mundial, que conta um pouco de sua história, conduzida por uma majestosa trilha musical própria. Em debate posterior sobre a obra e experiências vividas, referências, visão sobre o futuro do mercado e das produções audiovisuais participaram junto com Teco: Rick Werneck, Jorge Baggio, Pepê Cezar e o editor e produtor do vídeo Meduzza. Além de alunos, professores e profissionais presentes no evento.

    O evento seguiu com a exibição do filme Fábio Fabuloso, obra prima de Pepê Cézar, sobre o maior surfista Brasileiro de todos os tempos, o nordestino Fábio Gouveia, radicado na Ilha de Santa Catarina. Conduzido por uma narrativa em cordel, o filme recebeu inúmeros prêmios em festivais de documentários nacionais e internacionais. Após a exibição, Fábio Gouveia, Jorge Baggio, Silvio Arnaut (diretor Masangana, responsável pelos filmes Surf Adventures) e o também premiado Rafael Mellin condiziram o bate-papo com o público presente. Destaque deste debate foi a participação de Mellin que falou sobre sua última obra, Nalu, e a intenção que teve ao apresentar uma narrativa diferente sobre a vida de Everaldo “Pato”. O Filme mostra a trajetoria de Pato atraves das lentes da camera de sua esposa e videomaker Fabiana Nigol, narrado pela filha do casal, que ainda estava na barriga.

    Na sequência tivemos algumas obras da Massangana, com imagens impressionantes como as de Phil Rajzman surfando de long board as pesadas ondas de The Box. Às 17h Guga Arruda lançou seu últmo filme, o Arquivo Surf, para na sequência, conversar com o público sobre sua trajetória esportiva e seu envolvimento com 0s audiovisuais.

    A próxima atração foi Gustavo Camarão que chocou a todos com imagens do maior mar já registrado na temida onda de Teahupoo, em novembro de 2007. Com essas imagens Camarão foi finalista do Billabong XXL no ano passado, levou o prémio com a onda de Shane Dorian e colocou 3 ondas entre as 5 finalistas. Impressionou ainda com a exibição da cameraboard, usada por José Otávio em imagens lindas e impressionantes dos tubos Tahitianos.

    Das 20 às 21h rolou a sessão REDBULL, com imagens impressionantes de eventos inovadores onde atletas se colocam no limite, seja manobrando aviões ou mergulhando de penhascos enormes.

    As 21h tivemos a grande atração da noite, Mike Stewart (o maior bodyboarder de todos os tempos), que em veio pela primeira vez a Florianópolis, para lançar nacionalmente seu filme Fire, The Movie. Uma verdadeira obra prima com imagens impressionantes de tubos no Tahiti, com cerca de 10 pés.. O filme transcende o surf e mostra a integração entre as forças do universo e o ser humano, com relações matafóricas, onde em um momento a imagem sai de um tubo quebrando filmado por baixo da água em transição para imagens do universo. Segue à risca a psicoldelia e visão das trilhas sonoras de Pink Floyd. E mostra um verdadeiro Waterman.. aliás, mais que isso.. um homem buscando a harmonia e seu espaço entre as forças explendorosas de nosso universo.

    Pra fechar a noite de exibições Bruno Bez, videomaker local, apresentou sua nova obra, Sincronia, produzida com imagens do surfista Gustavo Schilikman e seus amigos.

    Durante todo o dia, o público pode apreciar as exposições dos fotógrafos Márcio David, Basílio Ruy e Rick Werneck. Basílio com fotos lindas de baleias na Colômbia, Márcio com fotos maravilhosas da Ilha de Santa Catarina e Agobar Jr com suas fotos impressionantes permeadas por cores e sentimentos pulsantes. Além de painéis sobre a história do cinema relacionado à humanidade e às obras audiovisuais sobre esportes de ação e natureza, com textos e citações de Tarkovski, Vertov, Kurosawa e Eisenstein.

    O coquetel também merece destaque com excelentes pratos naturais e sucos fornecidos pela DNA Natural.

    Fica o agradecimento a todos os produtores e atletas que apostaram na idéia e estiveram presentes, ao secretario Gilmar Knassel que também arriscou apostando as fichas num evento tão diferente, ao website Waves (Juninho, Claudiones, Rafa e equipe) que deram apoio incondicional a este acontecimento.

    Continuamos na batalha, agradecidos àqueles que acreditaram e na expectativa de, no final do ano, teremos este evento forte, fomentando na cidade de Florianópolis.

    Muito obrigado,

    João Jorge Baggio
    http://www.floripafestival.com.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




“Eu vou pegar uma onda todos os dias, mesmo que seja na minha mente.”

“I will catch a wave every day, even in my mind.” Shaun Tomson

Uso recomendado:

Pra lavar a alma!

contato@surf4ever.com.br

Fica a vontade em mandar e-mail, ou comentar em qualquer post do blog, mesmo que seja antigo!

Blog com:

  • 415,331 hits

No blog agora:

hit counter

Arquivos:

Parceria Sul-Americana:

Melhor em 1024 X 768 pixels

******************************