» Diga não às Taxas!

Foi lançado um abaixo-assinado mundial contra as cobranças abusivas de taxas para transporte de pranchas, praticadas pelas companhias aéreas.

Não fica aí viajando, vai lá:

Surfers Against Discriminatory
Airline Surfboard Fees

www.surfers-against-airline-fees.com

É rápido e não custa nada. Pode até dar em nada, mas só temos a ganhar. Essa palhaçada tem que acabar, é muito abuso o valor que algumas companhias praticam (as brasileiras não são exceção), e existem algumas que não estão mais aceitando transportar.

Por: Gustavo Otto

________________________________________________Surf4ever

Anúncios

3 Responses to “» Diga não às Taxas!”


  1. 1 tora set 17 2008 às 11:49 pm

    valeu pelo post lá no Toratoon Sr. Gustavo!
    É um bom tempo de estrada que nos dáo privilégio de
    criar marcas deste porte. Valeu my friend.

    Tora

  2. 2 Stephan set 18 2008 às 5:00 am

    Po nem fala, acabei de sair de Bali e paguei U$ 273,00 por 3 pranchas novamente. Deixei praticamente 2 pranchas 0 km para ir e voltar. É um absurdo, não tem como ficar indignado.

    A companhia na qual viajei é JAL, outras que tambem cobram caro é a Continental, TAM, LAN Chile.

  3. 3 Luciano Santa Ritta set 21 2008 às 4:45 pm

    Grande Gustavo,

    Não só é um absurdo essa cobrança, como é extermamente discriminatória.

    O transporte de equipamentos para todos os esportes de prancha é taxado em praticamente toda a aviação mundial.

    Porém, o transporte de tacos de golfe, por exemplo, às vezes do mesmo tamanho que algumas pranchas(kite,wake, skate), não está sujeito à nenhuma taxação.

    Agora vamos analisar: Quem teria mais condições de pagar taxas? Golfistas ou praticantes de esportes de prancha?

    Me parece que uma daquelas decisões de meia dúzia de coroas branquelos, americanos e donos de companhias aéreas que jogam golfe e ignoram o resto do mundo.

    Nada contra o golfe, nada contra os americanos, nem contra os ricos. Mas parece que essa combinação acabou contaminando toda a aviação mundial, como se as pranchas fossem um novo nicho de oportunidade.

    Só que essas companhias nunca olharam, ou até olharam, mas como nunca ninguém fez nenhum levante coletivo contra essa política, deixaram quieto e vão lucrando até a fonte secar.

    Eu infelizmente também já deixei muitos dólares para as companhias que na sua grande maioria, fazem um péssimo trabalho no que se prestam a fazer, o transporte de pessoas e equipamentos. As minhas pranchas de wakeboard, kite e snow devem ter me custado mais que o dobro do seu valor real, às custas dessas taxas absurdas.

    É isso, continue a luta incansável e valeu pelas visitas e comentários em nosso humilde bloco de notas…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




“Eu vou pegar uma onda todos os dias, mesmo que seja na minha mente.”

“I will catch a wave every day, even in my mind.” Shaun Tomson

Uso recomendado:

Pra lavar a alma!

contato@surf4ever.com.br

Fica a vontade em mandar e-mail, ou comentar em qualquer post do blog, mesmo que seja antigo!

Blog com:

  • 415,223 hits

No blog agora:

hit counter

Arquivos:

Parceria Sul-Americana:

Melhor em 1024 X 768 pixels

******************************